Música

Oficina de percussão com o Mestre Ashogun do RJ

   Já estão abertas as inscrições para a oficina de percussão afro “oku abó”, que será realizada no Instituto de Artes do Pará (IAP), com o Mestre Ashogun, Aderbal Moreira, do Rio de Janeiro. Com o tema “Ciclo de Vivência do Complexo Cultural dos Povos Tradicionais de Terreiros”, a oficina será realizada entre os dias 27 e 31 deste mês, das 13h às 19h. Ao todo são 30 vagas disponíveis.

   O curso pretende ensinar práticas e costumes tradicionais de herança africana, formadores do complexo cultural dos povos tradicionais de terreiros. O Complexo é resultado da miscigenação entre os grupos africanos Fon, Banto e Yorubá, fundamentais para a formação da identidade brasileira.

   Voltada para a percussão dos ritmos africanos, a oficina pretende trabalhar uma adaptação contemporânea, principalmente do público ligado aos terreiros. Também podem participar os profissionais da música, professores, estudantes, membros de ONGs ligadas à cultura-afro, artistas, pesquisadores, gestores e pontos de cultura.

   As inscrições para oficina de percussão afro “oku abó” podem ser feitas na gerência Geral de Artes Cênicas e Musicais do IAP, que fica na Praça Justo Chermont, 286, ao lado Basílica Santuário de Nazaré. As inscrições também podem ser feitas pelos telefones 4006- 2913  ou 4006-2926.

Serviço
Oficina de percussão afro “oku abó”

Data:  27 a 31 de maio
Hora: 13h às 19h

Local: Instituto de Artes do Pará
End: Praça Justo Chermont, 236 - Nazaré
Contatos: (91) 4006-2945 / 4009-2900

Veja também:

“Instâncias da Luz” apresenta fragmentos de 21 fotógrafos sobre o Círio
Visitação até 14 de dezembro, na Galeria Fidanza, no Museu de Arte Sacra.
“A Criança que Busca Vozes do Abismo Profundo”
Filme inédito de animação japonesa, no Cine Olympia
Projeto “Quarta as Quatro”, da Fonoteca Satyro de Melo
Duas apresentações com Giselle Griz e Daniel Dú Blues no Centur
Cine Olympia exibe o "Mico Leão Voador em Ação no Velho Chico"
Em cartaz até 27 de novembro, com sessões às 17h. Entrada franca.
Vamos Ca-curiá Brasil! circula dança, música e oficinas.
Apresentações em Belém, Bragança, Marapanim, Quatipuru, Macapá e Mazagão, de 22 de nov a 05 de dez.
Performance “731 são doze”, com Dirigível Coletivo de Teatro
De 21 a 23 e 28 a 30 de novembro, às 20h, na Casa Dirigível
Exposição reúne "pop art" de Cláudio Tozzi
Abertura nesta quinta, dia 6, no Sesc Boulevard. Visitação até 28 de dezembro.