Literatura

Reaberta exposição sobre vida e obra do escritor português

Textos, objetos, vídeos, fotos e muito mais. Visitação até 17 de fevereiro, no MEP

O Museu do Estado do Pará (MEP), está reabrindo a Exposição “Saramago – os pontos e a vista” de 12 a 17 de fevereiro. A mostra, que foi aberta em dezembro do ano passado, ficou suspensa à visitação por duas semanas depois que caiu uma parte do forro de um dos salões do Museu. Agora ela será reaberta, nesta terça, oferecendo uma oportunidade única para a cidade se aprofundar no universo da vida e das obras do escritor português José Saramago.

A exposição é baseada na integração de quinze módulos, cada um composto de breves textos explicativos e objetos cênicos que se mesclam com a projeção de vídeos de momentos da vida de Saramago, selecionados a partir do acervo de imagens do diretor português Miguel Gonçalves Mendes, que produziu o filme José e Pilar após anos de convivência com o casal. De forma lúdica e interativa, o público terá contato com mobiliários e acessórios originais do escritor: óculos, lupa e cama, que integram o acervo da Fundação José Saramago. Ao todo, serão aproximadamente 500m² de área expositiva, montada em seis salas do pavimento térreo do MEP. Cada módulo aborda uma dimensão da vida do escritor, como sua visão sobre a vida e a morte, lugares por onde passou e o encontro com a jornalista, escritora e tradutora espanhola Pilar Del Río, com quem se casou em 1988. No espaço destinado à cronobiografia, estarão disponíveis livros para consulta, além de fotos e vídeos, muitos deles também cedidos pela Fundação José Saramago.

A versão da exposição em Belém apresentará o mesmo conteúdo exibido em São Paulo, com ajustes apenas na cenografia, como explica o curador, Marcello Dantas:
“Essa primeira itinerância da exposição ‘Saramago, os pontos e a vista’, em Belém, apresenta um modelo diferente de desenho expográfico. Saramago foi um intenso viajante, em especial nos últimos anos de sua vida, quando a maior parte do material audiovisual da exposição foi captado. Essa natureza errante marcou nossa opção por criar um desenho que se inspira nas caixas de transporte, malas e ícones de movimento como o carro. A exposição ganha esse contorno do espírito de um homem inquieto em permanente busca por expandir o seu alcance e aliviar a dor do planeta”.

Com curadoria de Marcello Dantas, a exposição tem o patrocínio do Santander, por meio da Lei Rouanet. A produção é da Magnetoscópio e a realização é do Governo Federal, por meio do Ministério da Cultura; da Fundação José Saramago; da Reitoria da Universidade Federal do Pará (UFPA) e da Cátedra João Lúcio de Azevedo Camões, I.P|UFPA, com o apoio do Governo do Estado do Pará, por meio da Secretaria de Estado de Cultura do Pará (SECULT), Sistema Integrado de Museus e Museu do Estado do Pará (MEP).

A Exposição “Saramago – Os pontos e a vista” tem entrada franca e ficará aberta à visitação até 17 de fevereiro de 2019, sempre de terça a domingo, das 10h às 17h, sábado, domingo e feriados, das 9h às 13h. De acordo com Armando Sobral, diretor do Sistema Integrado de Museus, “o Corpo de Bombeiros está acompanhando todo o processo de reabertura da exposição e estará presente no prédio nos horários de visitação para garantir ainda mais segurança aos visitantes, teremos durante a exposição, dois brigadistas orientando e controlando fluxo no museu”.

Serviço

De 15 de dezembro - SÁB

Até 17 de fevereiro - DOM

10h às 17h - terça a sexta

9h às 13h - sáb, dom e feriados

Museu do Estado do Pará

Praça D. Pedro II, s/n - Cidade Velha

(91) 99266-4697

Grátis