Teatro e Humor

“Amostraí” apresenta cinco espetáculos no Casarão

Neste sábado, para crianças de todas as idades

Tu já sabes que no segundo sábado de cada mês tem Amostraí ? Pois é! Quer dizer que no próximo dia 10, deste mês, o Casarão do Boneco estará aberto a partir das 18h, para receber o público com cinco espetáculos na programação. Neste dia a entrada é na base do “pague quanto puder”, como contribuição consciente, não tem bilheteria para o acesso à apreciação de espetáculos e contações de histórias.

Resistindo em Belém como lugar de encontro para as pessoas dispostas ao cultivo das expressões livres, o Casarão apresenta uma programação de artes cênicas que possibilita momentos partilhados com espectadores de todas as idades, reunindo crianças de colo com as de mais de oitenta anos. A programação deste sábado começará com bonecos, música e diversão. O artista Jef Cecim apresentará variadas cenas, criadas ao longo de sua trajetória. São personagens diversos: uma crooner que canta sem saber o que fazer, um rato que curte jazz, uma cobra cantante, um cachorro que interage com a plateia, dentre outros.

Em seguida, mais duas histórias: O Pastor de Nuvens e A Lenda da Iara. Na primeira, Karla Pessoa retrata a descoberta do sentimento de afeto e admiração de uma menina por seu avô, que todas as tardes sentava no banco da praça e observava o céu. A narrativa é feita pela menina, que envolve o público em situações cotidianas, das relações familiares e chama atenção para a beleza do movimento que as nuvens causam na imaginação das pessoas.

A segunda história, é do repertório de histórias amazônicas de Adriana Cruz. Narra por um jogo com tecido e objetos, como a índia Iara, uma excelente guerreira e filha preferida de sua tribo, foi transformada em um mito das águas. Numa cena poética em teatro de bonecos, conta como encantou, com seu canto, um forte índio caçador, Jaraguaribe, mundiando-o e levando-o para o fundo do rio. Encantamento pela palavra e pela visualidade.

E ‘‘Tomara que não chova’’, é o espetáculo da Cia. Los Gaiatos, com Ruber Sarmento e Rodolpho Sanchez. Os palhaços Trapo e Bolonhesa, em meio à atrapalhadas e dizendo que sabem tudo, se veem ocupados na função de organizar uma festa. Com muito empenho e o auxílio do público, os dois vão deixar tudo pronto à espera do grande anfitrião, Monsieur Royal.

Entre arrumar o picadeiro, decorar o circo a céu aberto e ensaiar as músicas, eles relembram histórias circenses e de grandes mestres palhaços. Herdeiros de uma tradição cômica, prestam uma homenagem ao circo no embalo de um festejo caloroso, com esquetes clássicas, gags, claques, números de mágica e com a participação essencial do público para se realizar. Vem e traz todo mundo!

Não perde, que a lojinha coletiva que habita o Casarão do Boneco, acionada por Nanan Falcão, Victoria Rapsódia, Maurício Franco e Inaê Nascimento, a Dell’arte, estará com brechó, sebo, cosméticos naturais artesanais, acessórios, moda autoral e algumas comidinhas. O intuito é fazer circular as próprias produções do Casarão, gerar renda e colaborar com a manutenção do próprio espaço, mas se movendo através da economia criativa, colaborativa, consciente e justa.

É que o Casarão do Boneco é um espaço cultural autogestionado, que contribui para o movimento teatral e para diversidade cultural da cidade. O Amostraí é produzido e realizado colaborativamente pelo coletivo de artistas do Casarão, pelas parcerias do Holofote Virtual e da Panificadora 16 de Novembro, pela Dona Estrela e Seu Estevão, com o seus carros de pipoca na calçada e pelo público, que vem ser feliz com a programação.

Programação

Cenas Curtas com Jef Cecim

O Pastor de Nuvens” com Karla Pessoa

A Lenda da Iara com Adriana Cruz

Tomara que Não Chova com Cia. Los Gaiatos

Lojinha Dell’arte

 

 

Serviço

10 de novembro - SÁB

18h

Casarão do Boneco

Rua 16 de Novembro, 815

(91) 32418981

Pague Quanto Puder