Artes Visuais

Artistas paraenses participam de exposição em SP

CSJ e Flag Nery integram o time da Well Well Well Project

A Well Well Well é um projeto de artes visuais independente que tem como objetivo a interação entre artistas visuais e a divulgação de suas obras. Os artistas paraenses Csj e Flag Nery foram selecionados pela curadoria para expor seus trabalhos neste sábado (15), em São Paulo.

Criado em 2016, o projeto tem parceria com espaços culturais da cidade onde são expostos os trabalhos dos artistas que integram o time de colaboradores. Ilustradores, pintores, colagistas, fotógrafos e modelistas fazem parte da mostra e tu podes conferir algumas obras no site.

Com o apoio da família desde pequeno, o artista CSJ (Caê Jastes) começou a ter sua própria identidade visual aos 15 anos. Em suas obras ele transforma a efemeridade de momentos em inspiração para construção de pensamentos que resultam em artes coloridas que falam sobre diversos sentimentos. Tu podes conferir mais no instagram.

Das artes plásticas a literatura, passando também pelo cinema e pelas animações, nomes como Douglas Adams, Dinho Peixoto (DRD), Vitória Leona, Bê Simões, Cardosu, Frida Khalo, Quentin Tarantino, Cartola e Terríveis Aventuras de Billy estão entre as referências de Caê.
“Participar dessa exposição traz um sentimento de amadurecimento artístico imenso, por ser pouco chamado para expor em Belém, inclusive pela escassez de oportunidades desse tipo, me sentia meio impotente. Quando surgiu o covite para expor em SP tive a sensação de estar no caminho certo”, comenta CSJ.

O artista visual e ilustrador Flag Nery também integra o time de expositores. Ilustrando sonhos, pensamentos, experiências e observações, ele converte suas referências em obras de arte.

Inicialmente o artista se dedicou a arte digital, e desde 2015 produz seu trabalho com mais compreensão, passando a experimentar técnicas de pintura e estabelecendo sua identidade artística, tendo hoje a arte como algo essencial em sua vida.

Do clássico ao contemporâneo, Flag tem como referências Portinari, Francis Bacon, Poty Lazarotto, Williem de Kooning, Rodrigo Branco, Mag Magrela, Acidum Project, Speto, Eric Haacht, entre outros.

Além dos paraenses, outros 56 artistas também participam do projeto. A exposição do Well Well Well Project acontece em São Paulo no sábado (15), no Nevoa Studio (Av. Amador Bueno da Veiga 725), a partir das 18h.

 

*Por Ana Clara Lima/Guiart
   Foto: Divulgação

 

Serviço

Grátis