Cursos e Eventos

Café fotográfico com Paulo Meira

Encontro acontece nesta segunda na Fotoativa

O Café Fotográfico deste mês vai receber o fotógrafo pernambucano Paulo Meira, uma seleção de obras realizadas nos últimos 20 anos, em diversas linguagens e suportes, seja escultura, vídeo, performance, fotografia, pintura, áudio. Durante a fala serão exibidas imagens e projeções de vídeos, a partir de uma abordagem norteada pelos conceitos de permanência.

O rádio tem para o artista uma importância de afeto. “Cresci escutando rádio”, conta Paulo, que nasceu na pequena cidade de Arcoverde, no interior de Pernambuco. Essa relação foi transformada pela arte, na experimentação do artista com a linguagem do rádio, em 2001, em videoperformances de interferências com rádio. Isso se reforçou durante a residência artística Poema aos Homens do nosso Tempo, no Instituto Hilda Hilst/Ateliê Aberto Arte Contemporânea, em 2013, em que teve contato com as gravações feitas por Hilda, em momentos de isolamento da escritora.

As performances radiofônicas foram então inspiração para o projeto Catimbó, de implantação de rádios comunitárias com conteúdo exclusivamente voltado para a Arte e a Educação. Com um nome originário da matriz africana, que significa magia em que várias crenças se encontram, o projeto está em fase de implantação por meio de parcerias com museu Bispo do Rosário (RJ) e da Usina de Arte (PE). “São rádios independentes que veiculam arte, implantadas em comunidades com problemáticas sociais: um contraponto com a evangelização que realmente ocorre nessas áreas. O nome do projeto é uma forma de aproximar e quebrar a mística em torno de religiões de matriz africana”, comenta o artista. Na comunidade de Pernambuco, segundo Paulo, são visíveis os impactos dessa colonização religiosa europeia e a economia da indústria da cana sobre a cultura dessas gerações.

O projeto “Café Fotográfico” é um evento regular realizado sob coordenação de Irene Almeida, do Núcleo de Pesquisa e Documentação da Fotoativa. A idealização recebe mensalmente artistas e pesquisadores para refletir sobre a produção e veiculação da imagem a partir de relatos de experiências e apresentações de pesquisas no campo das artes visuais.

O bate-papo vai acontecer nesta segunda-feira, na Fotoativa (Praça das Mercês, 19), às 19h. A entrada é gratuita.

*Com informações da assessoria
Foto: Paulo Meira

Serviço

22 de maio - SEG

19h

Casarão FotoAtiva

praça das Mercês, 19

Grátis