Música

Canta Marisa!

Depois de cinco anos longe dos palcos, Marisa Brito lança primeiro EP

Prestes a lançar seu primeiro EP solo, Marisa Brito segue com a sensação de recomeço. Foram cinco anos de recolhimento e dedicação a outros trabalhos até decidir voltar a cantar.

“Senti uma necessidade grande de compor, como nunca mais havia sentido, e isso começou a brotar muito forte em mim, junto com meu processo natural de amadurecimento e autoconhecimento. As novas composições começaram a surgir com uma cara diferente, e percebi que elas estavam mudando junto comigo, que elas eram um reflexo de uma nova pessoa que eu estava aprendendo a lidar e a reconhecer. E, consequentemente, comecei a sentir saudade do palco… aí percebi que estava pronta para voltar”, conta Marisa.

E é esta nova faceta da compositora que o público paraense vai poder conferir no dia 15 de setembro no Ziggy Hostel Club. Será o primeiro show oficial do lançamento do EP. Em São Paulo – onde reside atualmente – também haverá apresentações.

O EP traz canções com algumas parcerias, entre elas, as dos artistas Ana Clara e Marcel Barretto. Quem acompanhou a trajetória de sua antiga banda “A Euterpia” uma dica: não se assuste em ver uma Marisa bastante diferente. Mais pop. Mais indie. “Mudei muito como pessoa, e isso naturalmente reflete nas músicas. Eu escuto e recebo influências de diversos estilos. Ter uma classificação engessada hoje em dia é difícil pra mim, mas eu acho que posso dizer que meu novo trabalho é uma MPB pro Indie Pop”.

São canções que falam sobre liberdade, coragem e redescobertas. “Músicas com refrão. E eu adoro isso! Vou me realizar no dia em que ouvir todo mundo cantando comigo nos shows. E claro que isso também foi reflexo das coisas que ando escutando mais no meu dia a dia”, explica a cantora.

Para o EP, Marisa escolheu duas canções antigas, que estavam guardadas: “Por trás do desenho” e “Atalho”. E outras duas recentes: “Coração na Boca” e “Falas”. Letras que vieram em sonhos, em reflexões, em conversas e parcerias com amigos. Como “Por trás do desenho”, que tem o toque mágico da cantora Ana Clara. “Falas”, que tem contribuição na melodia e harmonia de Marcel Barreto. E “Coração na Boca”, que nasceu dos versos escritos pelo marido de Marisa, Pietro Saraiva.

Após lidar com a música de forma mais intimista, Marisa volta a abrir sua arte para o mundo. Mais leve e madura ela pretende agora botar o pé na estrada e fazer muitos shows. Marisa volta com força total! E que bom para nós!

*Por Vívian Carvalho/Guiart
Foto: Fernanda Brito-Gaia

Serviço

De 15 de setembro - SEX

21h

Ziggy Hostel Club

(Trav. Benjamin Constant, 1329)

(91) 3038-3950

Preço sob consulta