Música

Dayse Addario apresenta “Melodia das Chuvas”

Nesta terça, na Escola de Música da UFPA. Entrada franca

No próximo dia 19 de fevereiro, terça-feira, a cantora Dayse Addario acompanada da Zarabatana Jazz Band e Cameratamazônica, a presenta o show do projeto
Melodia das Chuvas, no auditório da Escola de Música da UFPa, às 18h, com entrada franca.

Lançado em dezembro de 2018, o circuito de shows “Melodia das Chuvas” comemora os 30 anos de carreira da cantora Dayse Addario e o lançamento do cd homônimo. Nos shows a artista se apresenta acompanhada da Zarabatana Jazz Band e Cameratamazônica. Para este novo show estão convidados os músicos Luiz Pardal na guitarra baiana e Felipe Bruno no violino. Tudo com direção musical e arranjos de Ziza Padilha que assina todo o projeto e regência da maestrina Cibelle J. Donza.

Com canções que passeiam pelos 30 anos de trajetória artística de Dayse Addario, o disco tem texto de abertura de Edgar Augusto e traz composições de Guilherme
Coutinho, Walter Bandeira, Edir Gaia, Edson Coelho, Saint Clair Du Baixo, Almino Henrique, Paulinho Moura, Ziza Padilha, Dudu Neves, Nilson Chaves, Antonio Carlos
Maranhão, Rafael Lima, Joãozinho Gomes, Ronaldo Silva, Macário Lima, Alfredo Reis, Paulo Uchôa e Március Cabral.

O show Melodia das Chuvas tem realização da Universidade Federal do Pará – UFPa, Instituto de Ciências da Arte – ICA, Escola de Música da UFPa – Emufpa e Fundação Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa – Fadesp, com apoio da Emenda Federal do Deputado Edmilson Rodrigues. O disco Melodia das Chuvas tem patrocínio do Banco da Amazônia e Ministério da Cultura através da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura. Todo o circuito de lançamento tem apoio cultural da Academia Top Fit, Cia Paulista de Pizza, Músicaparaense.org, Rosário Instrumentos, Pro Music, Doceria Amorosa e Zarabatana Produções.

Serviço

19 de fevereiro - TER

20h

Escola de Música da UFPA

Av. Conselheiro Furtado, 2007

(91) 98425-6171

Grátis
Show do disco Melodia das Chuvas - Dayse Addario, com Zarabatana Jazz Band e Cameratamazônica