Música

Dayse Addario apresenta “Melodia das Chuvas”

Show no Schivasappa comemora 30 anos de carreira e lança novo disco,

No próximo dia 12 de dezembro, quarta-feira, a cantora Dayse Addario acompanada da Zarabatana Jazz Band e Cameratamazônica, inicia o circuito de shows do projeto
Melodia das Chuvas. O show gratuito será no Teatro Margarida Schivasappa dentro do 45a Enarte e Projeto Sarauparauara.

Após o lançamento do disco virtual, o CD físico chega agora para iniciar este circuito em celebração aos 30 anos de carreira de Dayse. Pensado para ser um presente de
aniversário pra Belém, o projeto levou pouco mais de três anos para chegar ao público. Intitulado “Melodia das Chuvas”, o trabalho tem a voz de Dayse Addario à frente da Zarabatana Jazz Band e da Cameratamazônica, que dão o tom jazzístico e de câmara para as músicas amazônicas. Tudo com direção musical e arranjos de Ziza Padilha que assina todo o projeto e regência da maestrina Cibelle J. Donza.

Com canções que passeiam pelos 30 anos de trajetória artística de Dayse Addario, o disco tem texto de abertura de Edgar Augusto e traz composições de Guilherme
Coutinho, Walter Bandeira, Edir Gaia, Edson Coelho, Saint Clair Du Baixo, Almino Henrique, Paulinho Moura, Ziza Padilha, Dudu Neves, Nilson Chaves, Antonio Carlos
Maranhão, Rafael Lima, Joãozinho Gomes, Ronaldo Silva, Macário Lima, Alfredo Reis, Paulo Uchôa e Március Cabral.

Para este show no dia 12 haverá ainda participações especiais de Bruna Magalhães, Mayara Cavalcante, Luiz Pardal ( Guitarra Baiana), Felipe Bruno (Violino), Antônio
Neto(Baixo) e Coro Infantil Clave do Céu. Ao todo, mais de 50 músicos estarão no palco do Margarida Schivasappa. Os ingressos podem ser retirados na Escola de Música da UFPa a partir do dia 30 de novembro e também na secretaria do Teatro.

Serviço

De 12 de dezembro - QUA

20h

Teatro Margarida Schivasappa

Av. Gentil Bittencourt, 650

(91) 98425-6171

Grátis
Show de lançamento do disco Melodia das Chuvas - 30 anos de carreira de Dayse Addario, com Zarabatana Jazz Band e Cameratamazônica