Artes Visuais

Dia do Artista Plástico

O Guiart celebra a data homenageando grandes artistas paraenses

Na terça-feira (8), é comemorado o Dia do Artista Plástico. A data surgiu para homenagear o artista brasileiro José Ferraz de Almeida Júnior, considerado um ícone das artes plásticas no século XIX.

Para celebrar este dia tão importante, nós do Guiart selecionamos alguns artistas plásticos paraenses que se destacam nacional e internacionalmente. E vamos homenageá-los em nossas artes do site e redes sociais. São eles:

1- Alexandre Sequeira

Formado em Arquitetura pela UFPA. É professor da Faculdade de Artes Visuais da UFPA, com especialização em Semiótica e Artes Visuais e Mestrado em Arte e Tecnologia – UFMG. Desenvolve trabalhos em fotografia e participa de exposições no Brasil e no exterior.

2- Antar Rohit

Antar nasceu em Los Angeles em 1960 e mudou-se para Belém aos cinco anos de idade. Ele desenvolve vários trabalhos utilizando a técnica de Pintura sobre Seda. 

Realiza exposições individuais e coletivas no Brasil e no exterior em diversas galerias e museus, entre elas: Galeria Teodoro Braga – Belém; Stones Gallery – Kauai Hawaii; Salão Carioca – Rio e Janeiro; Ettinger Gallery – Art Institute of Southern; Bowers Museum, Santa Ana – Califórnia, entre outros. 

3- Dina Oliveira

Dina Oliveira é pintora e desenhista. Formada em arquitetura pela Universidade Federal do Pará – UFPA, expõe pela primeira vez em 1965, no Salão de Artes Plásticas da UFPA. Em 1968, recebe o Prêmio Caju de Prata no 1º Simpósio da Juventude Amazônica. Participa, ao longo da década de 1980, de salões em diversas cidades brasileiras, sendo premiada no 38º e 40º Salão Paranaense (Curitiba, 1981 e 1983); no 35º e 36º Salão de Artes Plásticas de Pernambuco (Recife, 1982 e 1983); e em três edições do Salão Arte Pará (Belém, 1982, 1986 e 1987).

Recebe, em 1986, o Prêmio Revelação – Pintura, concedido pela Associação Paulista dos Críticos de Arte – APCA, pela exposição individual realizada na Galeria Paulo Prado (São Paulo, 1985). Mestre em estruturas ambientais urbanas pela FAU/USP, é professora de Arte na UFPA.

4- Nina Matos

Nina nasceu em Abaetetuba e é formada em artes plásticas pela Universidade Federal do Pará. Iniciou sua carreira artística em 1990, e já participou de diversas coletivas em cidades como Belém, São Paulo, Rio de Janeiro e Almada (Portugal).

Em 2005, recebeu bolsa de estudo do Ministério da Cultura da Espanha para cursar arte em Madri. Em 2006, foi selecionada no Projeto Rumos Visuais do Itaú Cultural.

Coordenou a Galeria Municipal de Arte, dirigiu o Museu de Arte de Belém (2002/2004) e o Museu Casa das Onze Janelas (2007/2010) onde instituiu o Prêmio SIM de Artes Visuais.

5 – PP Condurú

Pedro Paulo Góes Conduru é autodidata e iniciou carreira artística influenciado pelos trabalhos de Van Gogh, Lautrec, Picasso, Rousseau, entre outros.

Morou em São Paulo em busca de novas expressões e linguagens e trabalhou com lixo urbano e industrial. Desenvolveu conhecimento em softwares, empregando-o em confecção de gravuras eletrônicas, vídeos, artes gráficas, músicas e outras interferências sempre norteado pela crítica sociopolítica, pelo erótico, pelo mistério e pelo sagrado.

6- Marinaldo Santos

Marinaldo Santos nasceu em Belém. Artista Plástico autodidata, trabalha na mangueirosa desde 1980. Em 1987, começou a realizar individuais e coletivas. Desde então, expõe no Brasil e no exterior, como na Alemanha, Miami, Roterdã, Holanda e França.

Estes são alguns dos artistas que se destacam dentro e fora de Belém. Que tal aproveitar o Dia do Artista Plástico para conhecer os seus trabalhos e, também, as obras de outros talentosos artistas paraenses?

Arte: Henrique Alcântara 

 

 

 

 

Serviço

Grátis