Cinema

Documentário paraense foi premiado no The California Film Awards

Ele está entre os "Prêmios de Ouro" do festival

O filme “Samba de Cacete – Alvorada Quilombola”, com direção de André dos Santos e Artur Arias Dutra, da Lamparina Filmes, foi premiado no The California Film Awards, premiação dos Estados Unidos. O filme que mostra a tradição dos remanescentes de quilombolas do Pará foi selecionado na categoria documentário, entre os “Prêmios de Ouro” do festival. Confira a lista de todos os selecionados aqui.

“Todos os anos esse festival premia cineastas e roteiristas em uma variedade de categorias de competição. Os prêmios júri são dadas em várias categorias para celebrar realizações em cinema, roteiro e atuação no Grand Jury Prize. Estamos sempre atentos a esse tipo de festival que prima por obras diferenciadas e ideias originais”, diz André dos Santos.

O documentário, com 26 minutos de duração, conta a história do Samba de Cacete, uma tradição cultural ainda preservada em comunidades quilombolas do baixo rio Tocantins, Amazônia paraense, que envolve música, canto e dança com elementos dos batuques afrobrasileiros. O nome refere-se aos pequenos cacetes de madeira utilizados pelos tocadores dos tambores para fazerem a marcação e o contratempo.

“O mais importante desse prêmio é o fato de que o California Film Awards premia filmes independentes norte-americanos e estrangeiros de ponta em várias categorias reconhecidos pelo seu trabalho, criatividade, portanto figurar entre os premiados deste festival é uma honra, ainda mais por se tratar da Califórnia, o coração do cinema americano. Além desse festival, fomos premiados no festival Guangzhou International Documentary Film Festival, na China”, completa o diretor.

*Com informações da assessoria
Foto: Divulgação

 

Serviço

Grátis