Artes Visuais

Mabe recebe exposição inédita do austríaco Hans Steiner

Este é o primeiro museu nacional a receber as obras do artista plástico

O artista plástico austríaco Hans Steiner faleceu aos 64 anos de idade e, desde então, nunca teve uma exposição individual de seus trabalhos no Brasil. Essa lacuna começa a ser preenchida com a mostra “A Natureza Viva nas Gravuras de Hans Steiner”, com a curadoria de Paulo Vergolino, que está em cartaz até 30 de abril de 2018, na sala Theodoro Braga, do Museu de Arte de Belém (Mabe). A entrada é franca.

A exposição faz parte de um projeto cultural inédito em Belém. O patrocínio máster é da Embaixada da Áustria de Brasília. O Mabe é o primeiro museu brasileiro a receber essa mostra, com 40 obras, entre gravuras em metal, xilogravuras e aquarelas.

Hans Steiner

Hans Steiner nasceu na Áustria em 1910, e chegou ao Brasil com 20 anos de idade. Aos 27, matriculou-se nas aulas de gravura em metal no extinto Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro, e passou a ter aulas com Carlos Oswald (1882-1971), maior nome da gravura em metal e idealizador dos croquis que deram origem ao Cristo Redentor.

Steiner tornou-se um mestre na técnica de gravura, produzindo cerca de 530 obras, nas quais mais de 90% do acervo é sobre o Brasil. O artista possui obras em um número importante de museus brasileiros e estrangeiros, além de constar em coleções particulares no Brasil, na Itália e em Viena.

A mostra que está no Mabe é constituída de gravuras, em um recorte da extensiva produção de Steiner, em inédita coleção, adquirida de uma instituição austríaca, por um colecionador particular de São Paulo, e nunca antes apresentada ao público brasileiro. A exposição pode ser visitada de terça à sexta-feira, das 10h às 18h, sábados, domingos e feriados, das 9h às 13h.

*Com informações da assessoria
Foto: Divulgação

Serviço

14 de dezembro - QUI

10h - seg a sex

9h às 13h - sáb e dom

Galeria de Arte do CCBEU/MABEU

(Tv. Padre Eutíquio, 1309)

(91) 99160-8232

Grátis