Artes Visuais

Exposição “As Tias do Marabaixo”, de Fábio Gomes

Mostra faz homenagem a cinco senhoras amapaenses

A exposição “As Tias do Marabaixo” vai homenagear as mulheres, em especial, cinco senhoras amapaenses, cuja trajetória de vida se confunde com a história do marabaixo, a maior tradição cultural de matriz africana do Amapá. A mostra de Fábio Gomes foi premiada no edital Pauta Livre 2017 da Fundação Cultural do Pará (FCP).

“As cinco senhoras têm uma vida dedicada ao marabaixo, como cantadeiras e dançadeiras, e também são autoras de ‘ladrões’, como são conhecidas as composições cantadas nas rodas de marabaixo”, diz Fábio Gomes.

A exposição reúne 18 fotos que Fábio Gomes fez ao longo das filmagens do documentário também intitulado “As Tias do Marabaixo”, durante os festejos do Ciclo do Marabaixo nos meses de maio e junho de 2014. “O público poderá conhecer tias Zefa, Chiquinha, Biló, Natalina e Zezé, consideradas memórias vivas da comunidade”, pontua o fotógrafo.

Fábio Gomes é jornalista, fotógrafo e cineasta. Natural de Porto Alegre, atuou por mais de 20 anos como jornalista cultural, criando sites e blogs. Destes, o mais destacado é o Som do Norte, que aborda a produção musical da Amazônia. Morou em Macapá nos últimos três anos, desenvolvendo o projeto “As Tias do Marabaixo”, de registro e difusão da memória desta tradicional manifestação cultural amapaense.

A mostra vai ficar em cartaz na Galeria Theodoro Braga, da Fundação Cultural do Pará, no período de 15/03 a 13/04. O horário de visitação é de segunda a sexta, de 9h às 19h. A entrada é gratuita.

*Com informações da assessoria
Foto: Fábio Gomes

Serviço

De 15 de março - QUA

Até 13 de abril - QUI

19h (Abertura - 15/03)

9h às 19h (seg a sex)

Galeria Theodoro Braga - CENTUR

Av. Gentil Bittencourt, 650

(91) 3202–4313

Grátis