Artes Visuais

“Bicho de corpo mole” e “Passiflora S.”

Exposições entram em cartaz simultaneamente

Neste mês de julho, o Espaço Cultural Casa das Onze Janelas, receberá as exposições “Bicho de corpo mole, mas de pele boa” e “Passiflora S. – Vestes de fragilidade”, dos artistas Genivaldo Amorim e Élcio Miazaki, respectivamente.

As exposições apresentarão as individuais simultâneamente devido à potência das reflexões existentes entre os trabalhos, como a ideia de metamorfose e simbiose trabalhada por ambos. Se no conjunto de fotos e objetos de ‘Passiflora S.’, o desejo de preservação ao máximo é seguida à risca, em “Bicho de corpo mole’ os materiais usados encontram uma nova vida ou transformação, como os tecidos vermelhos que tornam-se vestes do cotidiano. Assim, o resultado é uma montagem onde é possível analisar os trabalhos, ora isoladamente, ora em conjunto, com reflexões nos diálogos e aproximações existentes entre eles.

Genivaldo Amorim trabalha com pintura, desenho, instalação, escultura, fotografia e projetos especiais. Expõe regularmente desde 1995 e além do Brasil, já expôs em países como Alemanha, Moçambique, Camboja e Namíbia. Em sua primeira exposição no estado do Pará, apresenta a instalação chamada “Bicho de corpo mole, mas de pele boa”, onde a obra não é tratada como fim de um processo de criação, mas como início de uma série de desdobramentos futuros. Composta por 41 peças feitas de tecido pintado e espuma, que se assemelham a uma espécie de bicho, a instalação parece flutuar no espaço.

Enquanto isto, Élcio Miazakia apresenta “Passiflora S. – Vestes de fragilidade”, que traz indumentárias, criada pelo próprio artista, em que são utilizadas gavinhas de maracujazeiros. Essas estruturas, encontradas em determinadas espécies vegetais, são um meio à procura de apoio, evidenciando a insustentabilidade do caule por si só. Nessa série, foi trabalhada também a dualidade que significam as vestes.

Ambas as mostras irão ficar em cartaz na Casa das Onze Janelas (Praça Frei Caetano Brandão, s/n), no período de 20/07 a 17/09, nas salas Valdir Sarubbi, Gratuliano Bibas e Laboratório das Artes. A visitação é de terça a sexta, das 10h às 17h, e em sábados, domingos e feriados, das 9h às 13h. A entrada é gratuita.

*Com informações da assessoria
Foto: Divulgação

Serviço

De 20 de julho - QUI

10h às 17h - Terça a sexta

9h ás 13h - Sábado, domingo e feriados

Espaço Cultural Casa das Onze Janelas

(91) 98088-0664

Grátis