Artes Visuais

Chapéu Virado de Emídio Contente

Exposição do artista traz doze imagens capturadas em momentos distintos

Segue em cartaz até 29 de dezembro, na Casa das Artes, a exposição “Chapéu Virado”, do artista paraense Emídio Contente. A mostra contemplada pelo Prêmio Produção e Difusão Artística do programa Seiva da Fundação Cultural do Pará, está aberta para visitação gratuita de segunda a sexta-feira, das 8h às 18 horas.

A mostra é resultado de pesquisa e trabalho de Emídio Contente nos últimos dois anos com imagens capturadas em diversos formatos e em momentos distintos. De acordo com o artista, “a poética do trabalho está na composição entre imagens e legendas que formam uma narrativa não linear e ficcional para ‘Chapéu Virado’”.

A exposição é composta por doze imagens acompanhadas por títulos escritos a carvão na parede embaixo de cada imagem. “Os títulos sugerem aberturas para o pensamento através da relação entre eles e a própria fotografia”, afirma Emídio.

Sobre a escolha do título da exposição “Chapéu Virado” o artista ressalta que “a escolha do título não foi aleatória e pode ter alguma relação com a praia, na Ilha de Mosqueiro, mas não diretamente”. O fotógrafo considera que “Chapéu Virado” é uma provocação para o espectador acessar lugares íntimos. “Não é sobre apenas um lugar ou uma história, é sobre histórias compostas por cada pessoa que visita a exposição” conclui.

O artista

Emídio Contente é paraense, pós-graduado em Fotografia pela FAAP e desde 2003 está envolvido em diversos projetos envolvendo imagens em Belém. Trabalhos do artista fazem parte de coleções de instituições como o Museu de Arte do Rio – MAR, Centro Cultural São Paulo – CCSP e Casa das Onze Janelas.

*Com informações da Fundação Cultural do Pará
Foto: Divulgação

 

Serviço

De 05 de dezembro - TER

Até 29 de dezembro - SEX

Casa das Artes (Praça Justo Chermont, 236)

(91) 3323-0350

Grátis