Artes Visuais

“France eMotion Le Voyage Animé”, na Aliança Francesa

Exposição exibe patrimônio cultural francês em realidade aumentada

Com fotografias do patrimônio cultural da França expostas em realidade aumentada, a Aliança Francesa Belém inaugurou desde o dia 23 de novembro, a exposição “France eMotion – Le Voyage animé” com 35 obras que ganham vida através da técnica virtual e interativa, a partir do aplicativo que o visitante poderá baixar gratuitamente no celular, disponível no Apple Store e no Google Play. A mostra é um projeto idealizado pela Atout France, agência de desenvolvimento turístico da França, em colaboração com o Institut Français, e que reúne jovens fotógrafos internacionais e novas tecnologias, com destaque para muitas paisagens conhecidas mundialmente e outras ainda a serem descobertas ao redor do mundo.

As imagens, em formato de díptico, são de autoria de quatro fotógrafos: o beninense Ishola Akpo, o brasileiro Edu Monteiro, o americano David Schalliol e a espanhola Lourdes Segade, que foram convidados a percorrer 35 sítios culturais do país em 2017 com suas câmeras na mão. Os fotógrafos propõem um olhar singular sobre a diversidade do patrimônio cultural e paisagístico da França e atuaram em colaboração estreita com Muriel Enjalran. E para dar vida às imagens capturadas, entraram em cena os artistas franceses Julie Chheng e Thomas Pons, que imaginaram um personagem animado circulando e se transformando nas fotografias, graças a utilização de um aplicativo móvel de realidade aumentada, que é simples, gratuito e acessível a todos.

“France eMotion é uma experiência artística inédita, no encontro entre fotografia e animação digital, que fará com que os espectadores mergulhem em uma viagem surpreendente e redescubram a formidável riqueza da França. O espectador é convidado a passear pelos caminhos que circundam fortificações e parques de castelos, a atravessar museus e locais contemporâneos de exposições e admirar as ogivas das abadias e os arcos das pontes”, explica a diretora da Aliança Francesa Belém, Maiwenn Le Nedellec.

O projeto já percorreu 23 países, em 27 mostras e a previsão é que continue sendo exposto até 2020. “A vitalidade da cena cultural francesa se traduz todos os anos pelas numerosas aberturas de museus, ambiciosos programas de renovação de monumentos e criação de festivais. Um dinamismo que joga fortemente em favor do turismo: o apetite dos visitantes internacionais pela oferta cultural francesa não cessa de aumentar.

A curadora comenta que o hábito de viajar para a França vem de uma longa tradição que inspirou muitos artistas, que descreveram essas paisagens. “As similaridades e oposições se manifestam nas escolhas das cores, dos ângulos, dos enquadramentos. Sobre os passos dos visitantes, os olhos são atraídos pela multiplicidade de ambientes e locais. Todos ilustram uma história em movimento e em constante transformação até as arquiteturas futuristas recentes”, comenta Muriel Enjalran.

Capítulos
A exposição se divide em quatro grandes capítulos: “De um arco a outro”, mostrando a admiração pela permanência e evolução de uma forma arquitetônica simples como o arco; “Ô saisons Ô châteaux”, sobre a nostalgia de uma história muito rica, na qual castelos e cidades fortificadas guardam os vestígios; “O imaginário dos museus”, com a surpresa frente à variedade dos locais onde a arte é exposta: palácios e hotéis particulares, antigos locais industriais e construções vanguardistas; e “Metamorfoses”, com a fascinação por lugares onde a magia é relevada pela arte das fotografias que os colocam em cena de forma original.

 

Serviço

De 23 de novembro - SEX

Até 30 de dezembro - DOM

8h às 21h - segunda a sexta

8h às 17h - sábado

Aliança Francesa

Tv. Rui Barbosa, 1851

(91) 3224-3998

Grátis
www.afbelem.com