Artes Visuais

Werne Souza expões suas “Operárias”

Obras discutem opressão e resistência femininas

O artista Werner Souza traz ao público 10 delicadas esculturas que carregam em si uma narrativa contundente da opressão e ao mesmo tempo da resistência feminina.

“A expressão gestual transmite o estado psicológico das mulheres trabalhadoras nas fábricas, sensibilidade e submissão diante da opressão do patriarcado, ao mesmo tempo em que traz a força para romper com o papel do homem provedor, papel este que por muito tempo garantiu valor e poder masculino”. A partir dessa reflexão o escultor Werne Souza criou a mostra “Operárias” com 10 pequenas esculturas em argila envolvidas em tecidos.

O lançamento da mostra aconteceu em Icoaraci no dia 1º de setembro deste ano, no espaço cultural “Na Casa do Artista” e depois seguiu, no dia 9, para a “Olaria do Espanhol”. Itinerante a exposição traz a figura feminina com remendos do corpo, e exibe visivelmente a imagem da mumificação. Os tecidos escondem e, ao mesmo tempo, mostram mutilações sofridas no corpo e na alma das operárias.

Werne Souza usa em suas obras tecidos envelhecidos e argila para fazer uma associação do trabalho na indústria têxtil e revestir de ideologia o conceito de sua criação contemporânea. As obras também revelam a interação com a produção ceramista, focalizando o esforço de homens e mulheres que dedicam a sua vida a uma produção cultural / artesanal, no cotidiano das olarias. Outra vertente explorada pelo projeto é o redimensionamento de ideias na produção de arte contemporânea, criando obras com características que usam suportes e/ou lugares diferentes dos tradicionais, incluindo arte em espaços não convencionais.

Premiada pelo Programa SEIVA da Fundação Cultural do Pará, a mostra “Operárias”, criação do artista Werne Souza, terá abertura no dia 17, às 19h, ficando em exposição até o dia 21 de setembro, na Casa das Artes, com entrada franca.

*Com informações da Assessoria
Foto: Divulgação

 

Serviço

De 01 de setembro - SÁB

Até 21 de setembro - SEX

8h às 19h

Casa das Artes (Praça Justo Chermont, 236)

(91) 98891-3224

Grátis