Artes Visuais

Ilustrador paraense exibe a “Nazikta”

Caio Aguiar é um dos artistas que participa da exposição coletiva sobre o Círio de Nazaré na Galeria Azimute

A cena alternativa de Belém está cheia de novos artistas que encontram nas ruas plataformas para se expressar. Caio Aguiar, ilustrador paraense de 22 anos, é um desses artistas que ocupam além dos muros, a internet, a pele e tudo o que for capaz de receber uma de suas “boniktas”, personagem criado que discute gênero, imaginário amazônida e cultura urbana. O artista está na mostra coletiva sobre o Círio de Nazaré, exposta na Galeria Azimute. A visitação segue até início de novembro, com entrada franca.

Caio foi desafiado a revisitar o cartaz do Círio de Nazaré e deu à santa traços urbanos num espaço amazônico, dando visibilidade à comunidades ribeirinhas e discutindo gênero e vida periférica. A peça é intitulada “Nazikta”.

“Minha inspiração foi na vivência ribeirinha, na rainha da Amazônia, como é considerada por muitos paraenses. A ideia foi retratar a santa em uma canoa, que é um meio de transporte comum do outro lado do Rio Guamá, com as palafitas, a vegetação e uma paleta de cores ‘amazônia tropical’, mais viva, vibrante. Nazikta é realmente a dona, rainha. Fiz ela em nanquim sob papel couchê 300gm , A3 e colori digitalmente”, descreve o artista.

Ele e mais 9 artistas da capital paraense formam o grupo da exposição, que toca em questões que normalmente ficam à margem das discussões do catolicismo: desigualdade social, racismo, invisibilidade das sociedades tradicionais, violência urbana, direitos sociais e dos animais, entre outras discussões que ficam nas entrelinhas e em cada risco feito por eles.

*Com informações da assessoria
  Foto: Divulgação

Serviço

De 02 de outubro - SEG

Até 01 de novembro - QUA

9h às 20h (seg a sáb)

9h às 14h (dom)

Galeria Azimute

(Vila Container; Av. Magalhães Barata, 62)

(91) 98807-1157

Grátis