Artes Visuais

Mano de Carvalho apresenta “Encontros e afetos” em Belém

Obras do fotógrafo paraibano em exposição no Ateliê Jupati

Resgate. Esta é a melhor palavra para definir a exposição “Encontros e afetos”, primeira individual do fotógrafo paraibano Mano de Carvalho. Resgate de amizades que estavam ‘guardadas’ na memória como fotografias esquecidas em um acervo pouco visitado, mas que após encontros no mundo virtual foram redescobertas e reacenderam afetos.

A mostra será aberta neste domingo, dia 2 de janeiro, às 9h, no Ateliê e Galeria Jupati, e ficará em cartaz até o dia 30 de janeiro de 2019. “Encontros e afetos” é também o resgate de trabalhos antigos de Mano de Carvalho, pois apresenta também fotos do início da carreira do fotógrafo, captadas ainda em câmeras analógicas, mas há também material recente, feito com equipamento digital – câmeras e smartphones –, tudo em preto e branco, retratando pessoas de várias cidades do Brasil, de lugares por onde o artista paraibano passou nesses 28 anos dedicados à fotografia, incluindo alguns anos de fotojornalismo.

Retratar pessoas é uma das especialidades desse artista que já integrou o projeto “Cidadão do Mundo” e rodou por muitos lugares, desde o Sertão Nordestino ao arquipélago do Bailique, no Amapá, além de uma passagem pela Europa, sempre com a câmera na mão e muitas ideias na cabeça. Manop participou de coletivas em João Pessoa, Natal, Recife, Macapá, Belém, além de Viena, Bordeaux, Perpignan e Marseille.

Segundo Mano de Carvalho, além de ser um material todo em preto e branco, há em todas as fotos o afeto do olhar. “O olhar é o ponto de partida. O afeto vem do que está retratado e a forma como vi e vejo cada um desses momentos registrados. Essa mostra é uma espécie de reencontro com fotografias antigas, coisas que fiz há mais de vinte anos, e a possibilidade de um diálogo entre elas e alguns trabalhos recentes, feitos sem a pretensão de expor”, disse o artista.

A exposição pode ser vista no Ateliê Jupati (Tv. Gurupá, 250 – Cidade Velha), até 30 de janeiro, com visitação de segunda a sexta de 9h às 12h  e de 14h às 18h. Aos sábados a galeria abre de 9h à 12h e de 14h às 17h.

Serviço

De 02 de dezembro - DOM

Até 30 de janeiro - QUA

Segunda a sexta: 9h às 12h / 14h às 18h

Sábado: 9h às 12h / 14h às 17h

Ateliê Jupati

Trav. Gurupá, 250 – Cidade Velha

Grátis



Outras matérias de Artes Visuais