Cursos e Eventos

Projeto “Lamugem” acontece em Julho e Agosto

Encontros, rodas de conversa, oficinas e exposição em Icoaraci

O chamado “barro limpo” ou ainda “lama limpa”, oriunda da limpeza do excesso de barro nas mãos dos oleiros que trabalham com cerâmica, é o que se chama de Lamugem. O material, carregado de significados, deu origem ao projeto que pretende produzir, expor e difundir as memórias e vivências do cotidiano da cultura ceramista de Icoaraci.

O projeto “Lamugem, memórias vividas na palma da mão”, começa neste sábado (14), com a oficina Modelagem de ecojoias”, com Val Genu. A artesã vem trabalhando com o barro (argila) há alguns anos em seu atelier, o Art Genuína, focando na pesquisa e produção de eco joias em cerâmica artística (argila/barro). Agregando elementos da natureza, como sementes, madeiras e fios naturais, as peças resultam num misto de rusticidade e sofisticação.

O projeto “Lamugem, memórias vividas na palma da mão” segue até 26 de agosto, com encontros, rodas de conversa, oficinas e exposição sobre a cultura ceramista de Icoaraci.

Contemplado pelo programa SEIVA – Edital de Produção e Difusão da Fundação Cultural do Pará, o “Lamugem” é coordenado pela designer de interiores Milene Guedes, que mora em Icoaraci e traz em sua trajetória a vivência das olarias de cerâmica, e pela artesã Val Genú, que vem há mais de um ano experimentando e produzindo com a Lamugem da Olaria do Espanhol, espaço escolhido como sede para as rodas de conversa, oficinas e exposição que serão realizadas ao longo de julho e agosto.

“Pretendemos estimular a participação e reflexão desse público em conservar e preservar hábitos, costumes e tradições da cultura ceramista de Icoaraci. As rodas de conversas e oficinas são ferramentas de interação com o público alvo do entorno da Olaria do Espanhol, e difusão das vivências e dos saberes desta cultura ceramista, que pretende estimular a participação e reflexão desse público em conservar e preservar hábitos, costumes e tradições da cultura ceramista de Icoaraci”, explica Milene Guedes.

Na essência do processo criativo, o projeto Lamugem se propõe demonstrar como a arte na sua dimensão social, cultural e ambiental, estabelece vínculos não somente materiais, mas energéticos, no sentido da troca entre as energias passadas de mão em mão. A entrada em qualquer programação do projeto é gratuita. Para participar das oficinas é preciso se inscrever por telefone e whatsApp (98859-0203 e 98932-8636).

Confira a Programação Completa: 

O Projeto “Lanugem”acontece na Olaria do Espanhol, em Icoaraci.

Julho

Sábado (14)

Roda de Conversa – 10h

Cultura e Meio Ambiente, o homem se transforma ao transformar natureza em arte. Walciclea Cruz.

Agosto

Sábado (4)

“O saber ceramista como patrimônio”. Com Auda Piani.

Sábado (18)

A valorização cultural e os flexos projectuais do design paraenses. Viviana Fonseca.

Oficinas

Julho 

Sábado (14)

Modelagem de ecojoias – Val Genu -14h às 18h

Agosto

Sábado (11)

Vivência e os processos da produção ceramista – Ciro Croelhas- 14h às 18h

EXPOSIÇÃO

Agosto 

Domingo (26)

Mostra “Lamugem, memórias vividas na palma da mão” – A partir das 10h30

*Com informações da Assessoria
Foto: Divulgação

Serviço

De 14 de julho - SÁB

Até 26 de agosto - DOM

Programação completa na matéria

Orlaria do Espanhol

Rua Sta. Isabel, 2010 (entre Andradas e Soledade) Paracuri – Icoaraci

(91) 98134-7719

Grátis