Literatura

Financiamento coletivo visa reeditar obras de Dalcídio Jurandir

Projeto é da Pará.grafo Editora e estará no site Catarse

A Pará.grafo Editora está com uma campanha de financiamento coletivo para reeditar “Três Casas e um Rio” e “Os Habitantes”, do romancista paraense Dalcídio Jurandir. Estas reedições chegam após o sucesso de “Ponte do Galo”, que também foi reeditado graças ao financiamento coletivo. A campanha está no site Catarse, e quem quiser contribuir basta entrar neste link. A campanha vai até 31 de janeiro de 2018.

Três Casas e um Rio foi lançado em 1958, com capa de Cândido Portinari, e teve outras duas edições, sendo a última em 1994. É o terceiro livro do chamado Ciclo do Extremo-Norte, série romanesca de dez livros de Dalcídio Jurandir, iniciada com “Chove nos Campos de Cachoeira”. Esta quarta edição será lançada em comemoração aos 60 anos da primeira.

Os Habitantes, de 1976, nunca foi reeditado, tornando-se um livro raro. Esta será sua segunda edição, após mais de 40 anos. É o oitavo livro do Ciclo, logo após o “Ponte do Galo”.

A Pará.grafo Editora, de Bragança-PA, visa a reedição de obras literárias importantes do Pará e da Amazônia que se encontram fora de circulação. Além de Dalcídio Jurandir, de quem pretende relançar todos os títulos, a editora vai trabalhar com outros autores fundamentais da nossa cultura, cujos livros se tornaram raros ou completamente esgotados.

*Com informações da assessoria
Foto: Divulgação

Serviço

De 24 de dezembro - DOM

Até 31 de janeiro - QUA

https://www.catarse.me/dalcidiojurandir

(91) 98448-4718

Diversos
Reedição dos livros Três Casas e um Rio e Os Habitantes de Dalcídio Jurandir